Escolha uma Página

Curso de Didática para Ensino Superior em Saúde

  • Aprenda a ensinar de forma dinâmica
  • Tenha seu curso com um Ph.D.: Dr. Joe Rosario (Canada) tem mais de 20 anos de experiência em ensinar
  • Didática garantida: aqui você APRENDE
  • Você poderá ver as aulas quantas vezes quiser por 1 ano
  • Videoaulas COMPLETAS que você tem acesso IMEDIATAMENTE ao se inscrever
  • Receba seu certificado digital automaticamente ao término do curso
  • ECONOMIZE tempo e dinheiro aprendendo no conforto do seu lar ou onde você quiser
  • Este curso tem carga horária para os CURSOS DE PÓS GRADUAÇÃO do Instituto Terapia Manual RECONHECIDO PELO MEC

R$419,00

Categoria:

Descrição

Curso de Didática para Ensino Superior em Saúde

Dominar um conhecimento específico para exercício de sua própria profissão não significa saber transpor esse mesmo conhecimento a outros em termos de aprendizagem.

Didática vem do termo grego que significa técnica ou arte de ensinar. Ou seja, como um professor traduz a teoria em conhecimento para o aluno.

Foco no aluno

Ter didática pode significar uma forma de transitar bem entre o pesquisar, o ensinar e aprender em sala de aula. Para o exercício da docência é necessário uma constante avaliação dos métodos empregados, a fim de desenvolver nos alunos capacidades diversas como o raciocínio científico para o objeto em questão, a capacidade de trabalhar tarefas em equipe,a socialização, respeito em equipe e assim por diante. Trabalhar de maneira individual ou em grupos desenvolverá capacidades mentais importantes para o aluno, e esta é uma das importantes funções da didática pedagógica.

Comunicação

Um tópico não tão mencionado nos artigos de pesquisa sobre o tema em si mencionado — a didática — citaria a comunicação como algo de suma importância no que se refere ao ensino.

A maneira de como um assunto é comunicado pode fazer toda diferença para uma didática seja considerada boa,ruim ou até extraordinária. A capacidade de viver em constante aprofundamento de pesquisa, e aprimoramento de conhecimentos, também diz respeito a didática de um docente.

Quanto mais as capacidades de conhecimento do docente se ampliam, mais ele precisará se adaptar a um novo modelo para transmitir esse conhecimento, o que gera uma forma contemporânea de empregar a prática pedagógica para seus alunos.

É fundamental para um docente um senso de auto avaliação de sua forma de aplicar a didática bem como a constante busca em conhecimento técnico e aperfeiçoamento da prática.

Internet X Docência Tradicional

Os estudos mais recentes, mostram que na atualidade não existe mais um perfil de hegemonia dentro da classe discente. Ela é muito variada, isto garante uma diversidade muito grande no meio das universidades, o que por conseguinte, requer do docente uma capacidade de avaliar as muitas possibilidades de exercer a prática de didática de forma criativa, diante do desafio das diferentes expectativas e necessidades em grupos tão desiguais.

Uma vez que a internet ampliou o universo das pesquisas, retirou do professor a premissa em ser o detentor do conhecimento, e passou ele a ocupar um lugar de condutor, através de sua mentoria, e experiência clínica aos seus alunos aos objetivos do aprendizado em questão.

Rompe-se a forma antiga da relação professor-aluno e um enorme espaço se forma com novas visões e as mais variadas formas de ensinar, aonde o formato on line é uma delas. Foi Brandson Pinto (2001) quem defendeu a inserção dos computadores na educação,embora existam autores que mesmo discordando da prática, tiveram que ceder ao avanço tecnológico.

A forma de ensinar mudou. E é fundamental que o docente esteja preparado também didáticamente para isto.

Ensinar para Profissionais da Saúde

Existem ainda algumas lacunas na didática dentro da área da saúde, porém, algumas formas de práticas pedagógicas trazem profundos resultados como a PBL. PBL significa -problem based learning- técnica de ensino com base na resolução de um problema, técnica de didática que surgiu na década de 60, em uma faculdade de medicina em Ontário no Canadá. Esta forma pedagógica tem como foco principal o aluno, ou seja, é ele o responsável pela busca e pesquisa para possíveis resoluções de um problema proposto pelo docente. Desta forma, a técnica gera uma maior capacidade de aprendizado, através da pesquisa individual ou da formação de grupos de trabalhos, aonde os alunos sentem-se envolvidos, interagem e debatem entre si na busca de justificações ou resoluções plausíveis para o caso.

Capacidades mentais e sociais diversas são trabalhadas nos alunos,com o objetivo de que eles desenvolvam um raciocínio (no caso da saúde) clínico para solucionar problemas que surgirão ao exercer sua profissão.

Compartilhe conhecimento e saúde

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Curso de Didática para Ensino Superior em Saúde”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *